1 de agosto de 2016

6 dicas para escolher seu fotógrafo de casamento em BH


A preparação de um casamento não é nada simples! Envolve muitas escolhas, pesquisas e planejamento. Já ouviu aquela frase “o melhor da festa é esperar por ela”? Eu concordo plenamente! O grande dia passa tão rápido, que cada minuto deve ser aproveitado e isso inclui a organização.
Mas não é sobre isso que quero falar, mas sim sobre como guardar memórias dessa data tão esperada. Alguns dizem que os forncedores mais importantes, que devem ser escolhidos primeiro, são o buffet e a música, mas não podemos esquecer daquele que irá registrar tudo, cada detalhe, que será os olhos dos noivos, atentos a tudo que acontece, permitindo que sempre sejam resgatadas as alegrias e tudo desse dia especial: o fotógrafo. 

casando-em-bh-como-escolher-fotografo

As fotos, juntamente com a filmagem (vou falar dela em uma outra oportunidade) são os únicos registros concretos do dia do casamento, elas nos permitem relembrar os sentimentos e emoções daquele dia, tudo o que aconteceu e mostrar para as futuras gerações o início daquela família. Por isso devem ser escolhidos com muita atenção e carinho!

casando-em-bh-como-escolher-fotografo

Ser um bom fotógrafo envolve muito mais que dominar técnicas ou ter bons equipamentos. É uma profssão que exige criatividade, inovação, atenção a cada detalhe, além de afnidade e empatia com os noivos.
Sendo assim aí vão algumas dicas para ajudá-la no momento da escolha:

1. Pesquise muito

Pesquise o estilo de fotografa que você mais gosta. Você prefere o estilo tradicional ou jornalístico? A fotografa tradicional é aquela mais posada, detalhes da decoração, fotos com os convidados. Já a jornalística busca mais cliques naturais, espontâneos, são momentos registrados sem que as pessoas necessariamente percebam que estão sendo fotografadas. Mas calma!! Não significa que se você gostar mais da fotografa jornalística não terá fotos tradicionais! Busque fotos vintage, preto e branca, artísticas, descubra o que você mais gosta! A fotografa precisa ter a cara dos noivos!

2. Defina o que você quer

Determine o que você quer contratar. Atualmente existem pacotes que incluem “save the date”, ensaio pré casamento, making of da noiva e também do noivo, Igreja, festa, externas após o casamento, até mesmo com direito a escolha do cenário no exterior. É preciso que você defina o que quer, ou irá se perder em meio a orçamentos diferentes.

3. Tenha empatia com o seu fotógrafo

Busque indicações de pessoas que você conheça e visite pessoalmente os fotógrafos. Peça para ver vários álbuns, converse, fale sobre o que você gosta, suas expectativas, onde será o casamento. É preciso ter afinidade com esse tipo de fornecedor, afinal ele ficará muitas horas ao seu lado!

4. Tenha certeza de que terá uma equipe completa à sua disposição

Procure saber quantos fotógrafos são necessários de acordo com o seu número de convidados e o número de horas que cada um fica no dia. Alguns profissionais ficam até o final da festa, outros já tem um tempo determinado. Esses detalhes são muito importantes!

5. Preste atenção no contrato

O contrato deve informar se 100% das fotos são entregues digitalmente ou uma quantidade determinada. Os prazos para entrega das provas e do álbum e também o custo de páginas adicionais.

6. Não faça decisões 100% baseadas no preço

É preciso olhar o preço para que caiba no seu orçamento, claro! Mas não decida o seu fotógrafo baseado apenas nisso, a não ser que queira lembrar ouvir aquele ditado “o barato que sai caro” 

casando-em-bh-como-escolher-fotografo

casando-em-bh-como-escolher-fotografo


Enfim, pesquise bastante e escolha o melhor que você puder, o seu casamento é único e tenho certeza que quando você suspirar ao ver o seu ábum de casamento vai ver como esse fornecedor é tão importante!!!! 

casando-em-bh-como-escolher-fotografo

Conte para nós quando será o dia do seu casamento! Está planejando o grande dia e quer continuar por dentro das nossas dicas? Curta a nossa página do Facebook e fique por dentro de mais novidades!

Texto: Marcela Rolim

Nenhum comentário:

Postar um comentário